"Disse Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá." João 11:25



domingo, 25 de novembro de 2012

Não exponha o seu corpo


Não exponha o seu corpo


Vamos pensar num assunto difícil de ser modificado pelas pessoas, mais jovens do que idosos, mas também por parte de pessoas de mais idade. Reflita sobre o que aqui será exposto e tenha coragem de mudar, se necessário, o que você tem feito quanto à exposição do seu corpo. Não tenha medo de críticas. 

Um corpo bonito é bonito. Um corpo bonito, um rosto bonito atraem a vista, são agradáveis de ver, mas não devemos nos esquecer de que o corpo é o sustentáculo da mente, e é na mente onde encontramos as maiores expressões da pessoa. Muitas pessoas bonitas de corpo e de rosto se sentem péssimas quanto a si mesmas, talvez até porque a família, amigos, etc. sempre elogiavam e exaltavam os aspectos físicos dessa pessoa que aprendeu que o maior valor dela estaria nas características físicas. Ela mesma pode ter crido nisso e passado a viver de acordo com essa crença (falsa) e, assim, ter impedido o crescimento interior de sua pessoa. E tal impedimento, com frequência, gera problemas emocionais muitas vezes complicados e produtores de muito sofrimento pessoal. 

Parece que a motivação principal para alguém expor o corpo é tanto o prazer de mostrar-se quanto o desejo de ser aceito e amado. Gostar do belo não é o problema aqui. Vemos na criação na natureza o belo como presente sempre. Belo do ponto de vista funcional, estrutural, fisiológico, nutricional, anatômico, arquitetônico, estético, etc. Então, desejar o bonito é saudável, está de acordo com o pensamento do Grande Projetista Criador do Universo. Problemas começam a surgir quando o desejo pelo belo começa a tornar-se obsessivo, ocupando o lugar de necessidades vitais do indivíduo, como saúde, segurança, relacionamentos humanos funcionais (equilibrados), paz interior. 

Gostaria de focar meus comentários agora sobre a exposição do corpo por parte das mulheres. Parece que as jovens mulheres (e outras não tão jovens) expõem seu corpo através de roupas sensuais como uma forma de obter atenção, prazer pessoal, compensação de possíveis carências emocionais que por razões variadas levam tais pessoas a crerem que isso (expor o corpo) produzirá satisfação interior e resolução de tais carências, o que não acontece. Ou fazem isso porque afirmam que se sentem bem consigo mesmas expondo o corpo publicamente. Sentir bem não quer dizer saúde. Você pode sentir-se bem após um cigarro de maconha e contudo estar se intoxicando. Pode sentir-se bem após horas no sol por obter um bronzeado na pele e no entanto estar correndo risco de um câncer de pele ou envelhecimento precoce da pele. 

Quando uma mulher usa roupas sensuais na intenção de obter a atenção e o afeto de um homem, o que provavelmente ela obterá dele será a atração física. E poderá ser só isso. Pode ser que um homem que se sentiu atraído por uma mulher por causa do corpo dela desenvolva afeto real por ela, mas isso não é nenhuma garantia. As mulheres que desejam ter relacionamentos afetivos duradouros, felizes, precisam pensar nisso e entender isso para evitar caírem nessa armadilha tão comumente usada que produz tantas histórias difíceis e dolorosas. 

Diariamente escutamos relatos de crianças sem pai por causa de gravidez indesejada, doenças sexualmente transmissíveis, infidelidades, frustração seguida de depressão, tentativas de suicídio, surgimento de dependência química, incluindo o alcoolismo, dependência de medicamentos, etc. Tudo porque uma mulher usando uma roupa sensual atraiu a atenção de um homem. Ele confundiu amor com atração física, passou para ela a ideia de que a amava, quando gostava é do corpo dela e do que ele proporcionava para o indivíduo, e ela se deixou levar por essa fantasia, pensando que era afeto real e maduro. 

Se você, mulher, usa roupas sensuais desejando conseguir a atenção masculina para a obtenção do amor, mude de estratégia. Não exponha seu corpo. Proteja a si mesma de frustrações evitáveis. Cuide bem de seu corpo, alimente-se corretamente, pratique exercícios físicos, mantenha peso normal, cuide bem de sua higiene e aparência pessoal, permita ao seu corpo o descanso necessário, mas evite expor o mesmo indevidamente, sensualmente em público. Ter pudor é ter maturidade e saúde. Não é ser careta. É saber preservar-se como ser humano. O afeto verdadeiro e gratificante por uma mulher da parte de um homem saudável mentalmente ocorrerá dependendo das características de personalidade, da forma como é manifesto o temperamento, da firmeza de caráter dela. Se o homem for mau caráter, ou um compulsivo sexual, um libertino, ou imaturo, nesses casos, só interessa mesmo a ele o que tem que ver com prazer visual e físico. Ele não sabe amar maduramente. Pelo menos ainda não sabe. 

O que você quer? Que alguém se aproxime de você afetivamente com sincero interesse pela sua pessoa, ou por causa do seu corpo? O que deve ser exposto para surgir o amor maduro é um caráter saudável e não um corpo mesmo que bonito e atraente. 

(Dr. Cesar Vasconcellos de Souza)
------

Tenha uma bela semana, 
.

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

A Grande Consequência


Olá meus amigos, 

Hoje compartilho uma meditação que achei interessante:
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Obrigado JESUS por fazer por nós aquilo que não somos capaz der fazer...

Hoje quero falar dos três grandes momentos de João 3:16: O GRANDE FATO. A GRANDE CONDIÇÃO E A GRANDE CONSEQUÊNCIA.

O GRANDE FATO: “Deus amou e deu Seu Filho”. Isso é um incompreensível fato histórico.

A GRANDE CONDIÇÃO: “Para todo aquele que nEle crer”. Envolve a maior e mais sábia decisão do ser humano.

A GRANDE CONSEQUÊNCIA: "Tenha a vida eterna". Vida eterna já! É o resultado da entrega da vida a Jesus.

Cristianismo significa que entendemos o Grande Fato. Cumprimos a Grande Condição e vivemos a Grande Consequência.

Satanás luta para que os cristãos, compreendendo a Grande fato, cumprindo a Grande Condição, não vivam a Grande consequência, mas a  grande penitência, isto é, ainda vejam mérito salvífico em sua religião. Nesse caso o peso não sai das costas.

Jesus quer que, tendo compreendido Seu sacrifício, entregado-Lhe a vida, vivamos o prazer de tê-Lo no comando da existência; vivamos a certeza de que a vida eterna já começou, que nossa ética, obediência, não contribuem em nada para nossa salvação, elas tão somente glorificam Seu nome. Obedecemos porque fomos salvos e não para sermos. Isso é viver a Grande Consequência!

Seguros da vida eterna, pois “quem tem o Filho tem a vida eterna”. João 3:36.

Nossa vida, sem a intervenção divina, é "sem forma e vazia". Na realidade, sem o Senhor nossa vida é sem vida. Viver em trevas é existir sem significado. Sem alvo, sem rumo. É viver à deriva, sobre "a face do abismo". Quando o Espírito de Deus, que vive ao nosso redor, meramente se move "sobre" a face das águas, não nos beneficiamos da criação divina. "Haja luz" é a ordem criativa do Senhor para todos nós. É o mesmo que dizer "haja Cristo". Porque a Revelação nos diz que o Cristo é a luz do mundo. Receber o Cristo é receber a luz do mundo. Receber o Cristo é receber a luz, é receber a vida. Com Cristo, experimentamos conformação divina. Ao invés de viver de maneira "sem forma e vazia", quando vivemos "em Cristo", vivemos "à imagem e semelhança de Deus".

Em Cristo Jesus temos a certeza de salvação, paz, amor, conforto, consolo, nosso Substituto e Fiador, aquEle que nos dá Sua vida perfeita, Sua justiça, e aparecemos diante do Pai como se nunca tivéssemos pecado, vivendo Cristo em nós ele muda o coração, muda a natureza e nos faz nova criatura. Salvação é dádiva da graça de Deus, bondade Divina, não uma recompensa por trabalho, mas dádiva de Deus para quem crer no Seu Filho. Faça sua parte, creia em Cristo, ouça a voz do Espirito Santo e com a ajuda dEle, decida em deixar o pecado e aceite que você foi aceito por Deus. Assim não seremos uma geração que se levante, mas sim, uma geração que é levantada por  Aquele que faz em nós todas as coisas. Glórias ao nosso Amorável Senhor e Salvador Jesus Cristo. Ora vem Senhor Jesus!

Contribuição de Dely Oliveira
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tenha uma bela semana na Paz de Deus. 
.

domingo, 21 de outubro de 2012

Testemunho e o Conhecimento de Deus


Olá meus amigos, hoje estudaremos um pouco sobre testemunho e o conhecimento de Deus.
 
O Prazer de Testemunhar
Nosso objetivo nesta Terra é testemunhar do amor de Deus. O cristão não pode seguir na jornada da vida apenas vivendo para si, mas deve cumprir a missão do mestre de levar Sua luz avante (Mat. 28:19 e 20).

"Quando o amor de Cristo está no coração, como um bom perfume, ele não pode ficar escondido. Sua santa influência é sentida por todos que entram em contato com ele. O espírito de Cristo no coração é como uma fonte no deserto que, com suas águas, refrigera todos, e desperta naqueles que estão prestes a perecer o desejo de beber da água da vida."
[sobre Jesus, nosso Modelo, quando esteve na Terra]... A satisfação do próprio eu e o interesse em Si mesmo não faziam parte dos Seus objetivos.
[Jesus] concedeu ao ser humano o privilégio de tornar-se participante da natureza divina e de compartilhar as bênçãos com seus semelhantes.
[Cumprindo a sua missão] Se você agir como Cristo determinou a Seus discípulos, e levar outras pessoas até Ele, sentirá a necessidade de uma experiência ainda mais profunda e de um conhecimento maior das coisas divinas. Rogará a Deus, e sua fé será fortalecida. A oposição e as provações que encontrar o conduzirão para a Bíblia e a oração. Você crescerá na graça e no conhecimento de Cristo e desenvolverá uma rica experiência.
[Encontrando propósito na existência] À medida que cumprimos o propósito divino ao nos criar é que a vida se torna uma bênção para nós. 
Os que se dedicam ao esforço desinteressado pelo bem dos outros estarão, certamente, contribuindo para a própria salvação."
Caminho a Cristo, págs. 49, 50 e 51

O Conhecimento de Deus
Para testemunhar, temos que ter o conhecimento de Deus em nossa vida. O que Satanás tem conseguido em nossos dias é afastar a mente das pessoas de Cristo. O redemoinho de atividades e afazeres sufoca as percepções espirituais, praticamente anulando o propósito de vida de muitas pessoas, que passam a viver centradas em si. Mas vejam as bênçãos que podemos ter ao buscarmos a Deus diariamente:

"Encha o coração com as palavras de Deus. Elas são a água viva que irá sacias a sua sede. Elas são o pão vivo que vem do Céu. De Si mesmo, Ele [Jesus] diz: "As palavras que Eu vos tenho dito são espírito e são vida" (João 6:63). Nosso corpo é formado por aquilo que comemos e bebemos. Como acontece na vida física, assim também ocorre na vida espiritual: é aquilo em que meditamos que dará graça e força a nossa natureza espiritual. 
Ao meditarmos sobre temas celestiais, nossa fé e amor ficarão fortalecidos; nossas orações serão mais aceitáveis a Deus, pois estarão cada vez mais misturadas com fé e amor. Haverá uma confiança mais constante em Jesus e uma experiência diária e viva com o Seu poder capaz de salvar todos os que vão a Deus por meio dEle.
Caminho a Cristo pág. 55

[Conhecendo o cuidado de Deus por nós] Aquele que mantém os incontáveis mundos através da imensidão do universo também Se preocupa com as necessidades [de suas criaturas]. O Pai celestial observa com ternura cada um dos Seus filhos. Nenhuma lágrima é derramada sem que Deus saiba. Não há sorriso que Ele não perceba. Se acreditássemos plenamente nisso, todas as ansiedades indevidas desapareceriam. Nossa vida não seria cheia de decepções como agora, pois todas as coisas, grandes ou pequenas, seriam entregues nas mãos de Deus, e Ele não fica perplexo por múltiplas preocupações, nem subjugado por seu peso. Poderíamos, então, desfrutar o descanso que muitos de nós, já faz muito tempo, não encontramos". Caminho a Cristo págs. 53 e 54

Nossa capacidade de testemunhar de Deus depende de nossas prioridades na vida. Busquemos mais a Deus, para receber e transmitir Suas bênçãos. Ele têm muito para todos nós. 

Que Deus te abençoe nesta semana, com paz e confiança em Seu poder e amor. 
.

domingo, 9 de setembro de 2012

A Busca Contínua (durante todo o dia)



Olá meus amigos,
Hoje escrevo uma mensagem que o Senhor há algum tempo tem me instigado a compartilhar. E chegou o dia de a enviar a nós. 

Quantos de nós temos o hábito de buscar ao Senhor pela manhã? E a noite? Aprendemos que o dia deve começar e terminar com Deus. Devido ao cansaço, muitas vezes pulamos a comunhão da noite, e aos horários muito cedo em que acordados, muitas vezes reduzimos o tempo da comunhão na manhã. Mas, será o suficiente, na vida de um filho de Deus, termos apenas um ou dois momentos de comunhão por dia? Entre o começo da manhã, e a hora em que vamos dormir, há um dia inteiro! Qual o espaço que Deus deve ocupar neste dia? 

Cultivando relacionamento com o Criador 
"Você jamais cultivará um relacionamento íntimo com Deus apenas indo à igreja uma vez por semana ou mesmo observando um período de busca diária. A amizade com Deus é construída quando compartilhamos com Ele todas as nossas experiências. 
É lógico que é importante estabelecer o hábito de um momento diário consagrado a Deus, mas Ele quer mais que um compromisso na sua agenda. Ele quer ser incluído em todas as atividades, todas as conversas, todos os problemas e até mesmo em todos os pensamentos. Você pode manter uma conversa contínua e ilimitada com Ele ao longo do dia, conversando sobre o que quer que você esteja fazendo ou pensando em cada momento". Uma Vida com Propósitos, pág. 75

Imagino se não é por falta desta comunhão diária (ao longo do dia), que vejo muito desânimo em muitos de nós em relação à falta de evolução na vida espiritual, ou a incapacidade de se viver o evangelho como gostaríamos (como Deus nos chama a viver). 

Os homens de fé, na bíblia, sabiam que viviam na presença de Deus, em todo o tempo:
-> Disse Elias: "Vive o Senhor, Deus de Israel, em cuja presença estou" (I Reis 17:1). 
-> Deus fez um chamado a Abraão (é um chamado a nós também): "Anda em minha presença, e sê perfeito." (Gên. 17:1)
-> "E Enoque andou com Deus..." (Gênesis 5:24)

Em conexão, nas atividades cotidianas
"Durante os seus afazeres diários, deixe que o coração se eleve a Deus. Era assim que Enoque andava com Deus. Não há tempo nem lugares impróprios para apresentar uma petição a Deus. Nada há que possa impedir-nos de elevar  o coração no espírito de uma oração sincera. Na rua, em meio à multidão, numa reunião de negócios, podemos elevar uma prece a Deus pedindo orientação divina. Um ambiente adequado à comunhão pode ser encontrado onde quer que estejamos. Devemos manter continuamente aberta a porta de nosso coração e pedir que Jesus venha habitá-lo como nosso hóspede celestial. Satanás não pode vencer aquele cujo coração está arraigado em Deus". Caminho a Cristo pág. 62

Em nossa vida corrida, com atividades desde manhã cedo até o final da noite (estudos, faculdade, academia, segundo emprego, etc), essa busca não parece fácil de se alcançar:
"Requer-se muita paciência e espiritualidade para introduzir a religião bíblica na vida familiar e profissional, suportar a tensão dos negócios do mundo e ainda conservar os olhos voltados unicamente para a glória de Deus. Aí é que Jesus era um auxiliador". O Desejado de Todas as Nações, pág. 73

Estar com Deus em todo o dia só é possível com a ajuda de Cristo, e disciplina. Nossa vontade aliada ao poder de Cristo. Nossa escolha de O Buscarmos durante o dia, de meditarmos nEle sempre que possível, de orarmos de intervalos em intervalos durante o dia, pedindo, agradecendo, enfim, conversando com Deus e escolhendo ficar em Sua presença. Assim, é certo que poderemos vencer, escapar das conversas profanas e que ofendem a Deus, aproveitar as chances de testemunhar (na faculdade, no trabalho, na rua), e ter a Paz de Deus no coração. O inimigo vai se incomodar com isso, pois você estará vivendo com Deus, e ele irá agir, mas "resisti ao Diabo, e ele fugirá de vós." (Tiago 4:7). O inimigo fugirá, pois Cristo vai te ajudar. 

O desejo de meu coração é que eu e você escolhamos ficar na presença de Deus, de manhã, ao final do dia, e durante todo o dia. Ele está presente para nós. 

Que Deus te abençoe,
.

domingo, 12 de agosto de 2012

Aprenda a entender os sinais de Deus



Compartilhando uma mensagem recebida.

-------------------------------------------------------------------

Aprenda a entender os sinais de Deus

Existem momentos  em  que o homem  se sente  perdido  quanto  às respostas de Deus para a sua vida. Mas, como Deus não é Deus de confusão, basta aprender a escutá-lo. 

Esperar talvez seja a prova mais difícil da vida cristã, especialmente quando a pessoa enfrenta lutas.

Acontece, porém, que a espera faz parte da história de vida de qualquer ser humano.

Muitos esperam por um matrimônio, outros por um futuro financeiro promissor, outros pela casa própria, outros pelo amadurecimento de um filho, outros pela entrada na universidade, enfim, a espera nunca parece ser uma coisa muito agradável.

A verdade  é  que o  próprio  Deus,  por  muitas  vezes,  diz  “espere”, para ensinar o Homem a vencer  a ansiedade.

Quando um cristão está passando por um deserto e não recebe logo uma resposta, automaticamente  pensa que está errado com  Deus.  Pressupõe que se estivesse tudo certinho, os desejos do seu coração seriam satisfeitos.

O que muitos esquecem é que Deus é Pai, e um pai precisa ensinar o filho a viver. É isso que Deus faz.  As  pessoas relacionam o tempo de espera com a incapacidade de trabalhar problemas e fraquezas. Isso é um erro, pois Deus jamais abandona os seus filhos.

A Bíblia estabelece relação entre espera e graça. Observe que Abraão esperou para ser o Pai das Nações, Noé esperou cair chuva do céu e depois cessar, Moisés esperou 40 anos para levar o povo para a terra prometida, Jacó esperou 14 anos trabalhando para casar com sua amada Raquel. O próprio Jesus ordenou que os discípulos não se ausentassem de Jerusalém até que a promessa do Pai se cumprisse.

Às vezes é muito difícil para o homem entender que, quando pede auxílio, Deus já está  respondendo.  Ele  nos  permite esperar  para  edificar  o  nosso espírito (caráter). Essa edificação é que faz o ser humano crescer no mundo espiritual.

A frustração de uma espera pode parecer infinita, mas uma coisa é certa: Deus responde. O cristão muitas vezes não consegue perceber o objetivo de Deus para alcançar um alvo mais alto. O que as pessoas que esperam algo em Deus precisam entender  é que  o Senhor tem  total interesse e Se empenha para ajudar seus filhos nas tribulações e provações.

O Pai é sensível aos sentimentos de seus filhos e, seja qual for o modo que esteja usando para alcançar Seus objetivos, os resultados sempre serão benéficos. O objetivo de toda essa espera é para que você, após ser provado e aprovado com a vitória na mão, seja um exemplo da Glória de Deus aqui na Terra.
-------------------------------------------------------------------

Que Deus te abençoe nesta semana,
.

terça-feira, 10 de julho de 2012

Em nome do Orgulho



Olá meus queridos amigos, 

Hoje a mensagem para nós é sobre uma das armadilhas do inimigo, para nos alertar quanto a isso, para que vigiemos. 
Na nossa jornada cristã, muitos decidem de uma vez por todas abandonar algemas e correntes de Satanás que os prendiam: vícios, ira, impurezas, filmes e músicas que pregam o mal, substâncias e alimentos que destroem o corpo, etc. Mas o inimigo não é bobo, não dorme. Ele adapta suas tentações sob novas formas, para nos derrubar. E aos que estão evoluindo na jornada cristã, uma das mais terríveis tentações é a de se orgulhar, se vangloriar, se achar melhor. Tentação de achar que a obra que tem feito para Deus, muitas vezes com sucesso, tem muito de próprio mérito envolvido, e que de alguma forma é superior aos demais. E o que será que Deus pensa disso?

"Diante da honra vai a humildade" (Provérbios 15:33)
"Existem sete coisas que o SENHOR Deus detesta e que não pode tolerar: o olhar orgulhoso..." (Provérbios 6:16)

"Desprezamos o alcoólatra, e dizemos-lhe que seu vício vai excluí-lo do Céu, enquanto o orgulho, o egoísmo e a cobiça geralmente não são condenados. Mas esses pecados são especialmente ofensivos diante de Deus, pois contrariam a benevolência do Seu caráter e o amor desinteressado que compõe a própria atmosfera do universo onde o pecado não entrou. Deus vê todas as coisas como realmente são." Caminho a Cristo pág. 21

Que Deus usa em Sua obra
"Para ocupar um elevado cargo diante dos homens, o Céu escolhe o obreiro que, como João Batista, assume posição humilde em face de Deus. O mais infantil dos discípulos é o mais eficiente no trabalho para Deus. Os seres celestes podem cooperar com aquele que busca não se exaltar a si mesmo, mas salvar almas. Aquele que mais profundamente sente sua necessidade de auxílio divino, há de pedi-lo; e o Espírito Santo lhe dará vislumbres de Jesus que lhe fortalecerão e elevarão a alma." O Desejado de Todas as Nações, pág. 436

Perigos de acariciar o Orgulho
-> Quem se acostuma aos tapinhas nas costas, e busca apenas agradar (para alimentar o orgulho), não vai ter coragem de falar a verdade. Como uma vez disse um pregador, se a pregação, a mensagem, não mexer contigo, não te fizer sentir a necessidade de mudança, a mensagem falhou. 
"A verdade era impopular nos dias de Cristo. É impopular em nossos dias." DTN pág. 242. O orgulho, ou vontade de exaltação pelos homens, impede uma pessoa de falar a verdade, pois correria o risco de se tornar impopular (a quem queremos agradar?). 

-> Confiança na justiça própria
"Quando eu disser ao justo que, certamente, viverá, e ele, confiando na sua justiça, praticar iniqüidade, não me virão à memória todas as suas justiças, mas na sua iniqüidade, que pratica, ele morrerá." Ezequiel 33:13. Aí está o verdadeiro problema. Muitas vezes o orgulho vem disfarçado em forma de justiça própria, confiar que por estarmos nos dedicando às coisas de Deus, as nossas obras são justas. Mas a bíblia é clara... 

"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca". Mateus 26:41
Disse Davi, em seu clamor a Deus quando sentia a força de suas lutas internas: "Preserva também o teu servo do orgulho, para que ele nunca me domine" (Salmos 19:14).

Procure a humildade, desconfie de si mesmo. Por mais que esteja buscando a Deus, não deixe que sua justiça própria (por causa do orgulho), te domine. Com orgulho no coração, é impossível amar as pessoas de verdade. E no final, impossível amar a Deus. Mas o quebrantar o coração diante de Deus, confiando na justiça de Cristo apenas, abrirá as portas para Deus agir em sua vida. Depende dEle! 

Que Deus te abençoe, 

domingo, 17 de junho de 2012

O Céu - Nem te Conto


Zalika, menina de pele negra, estava sentada no terreiro de casa, olhando para o homem de terno encardido que conversava com sua mãe. O homem ela conhecia. Era um missionário que sempre estava pelas vilas ali perto, acompanhado de um tradutor chamado Taú. Ele falava de um tal Jesus, de sua morte numa cruz e de um lugar chamado céu, onde haveria tudo de bom, para sempre.
- [Zalika já tem idade para ser vendida] - dizia a mãe da menina em um dialeto africano, enquanto Taú traduzia o missionário.

A conversa já durava um bom tempo, e a cada frase o pequeno coração da menina se apavorava ainda mais. Sua mãe falava em vendê-la para comprar alimento para a família. Taú traduzia as palavras do pastor, mas nenhuma parecia convencer a mãe. Zalika estava com medo. Não sabia o que acontecia com as meninas ou meninos vendidos; só sabia que eles nunca mais eram vistos.

- [Então o missionário comprará sua filha] - disse Taú e a mulher silenciou. - [Não a venda para os traficantes que rodeiam a vila. O missionário a levará agora, se a senhora permitir.]

O Pastor Jacó tirou algumas notas do bolso do paletó suado e as estendeu para a mãe da menina. Ela pegou o dinheiro e o contou, gritando em seguida:
- [Menina! Pegue o que é seu e vá com esse homem daqui].
Aproximando-se de Zalika, Taú lhe falou baixinho:
- [Não precisa pegar muita coisa. Você não vai precisar.]

A menina entrou no casebre armado com tocos e coberto de palha. Além de uma boneca suja e esfarrapada, não tinha mais o que pegar. Saiu com a bonequinha pendurada na mão e olhou para a mãe que sequer virou-se para ela. Zalika esperava alguma palavra de despedida; talvez um beijo, ou um abraço. Nada recebeu.

O missionário Jacó segurou em sua mão encardida e a conduziu para dentro de um carro. A menina olhou para trás, fitando dois irmãos tão negrinhos como ela, sentados no terreiro. Pensou sobre o futuro deles e temeu pelo próprio futuro, pois não sabia o que lhe iria acontecer.

O carro sacolejou na estrada de chão, levantando poeira vermelha. Jacó tomou algo de um cantil e o estendeu para menina, dizendo algumas palavras que ela não entendeu. Mesmo assim tomou do líquido fresco do cantil. Era algo tão bom, sem gosto e ao mesmo tempo tão gostoso.
- [É água limpa] - explicou Taú em seu dialeto e riu com a expressão de surpresa da garota. Sabia que ela, possivelmente, nunca havia tomado água que não fosse suja.

Quando o carro finalmente parou na fronteira, soldados olharam para dentro e começaram a discutir qualquer coisa com Jacó e seu tradutor. Zalika suspeitava que o motivo da discussão era sua presença naquele carro, pois os soldados gritavam e apontavam os dedos e armas para ela.

Mais uma vez Jacó colocou a mão no bolso e a menina lembrou-se de suas histórias sobre Jesus: "Ele pagou um preço por você"; "Jesus, na cruz, pagou com a própria vida para que você pudesse ser salva." Será que o missionário estava, naquele momento, pagando por ela?
Os soldados abriram caminho e Taú limpou o suor da testa, voltando a falar com Jacó, sem ela conseguir entender a língua deles.
Depois de muito tempo na estrada, entraram numa cidade, passando por várias ruas e estacionando em frente a uma casa grande de paredes com a pintura corroída.
- [Dora, esta é Zalika] - Taú a apresentou para uma senhora de pele morena, bem mais clara que a sua.

A mulher sorriu e ao mesmo tempo a avaliou, mexendo em seus cabelos fartos e encardidos de poeira e olhando em baixo das unhas imundas. Resmungou alguma coisa que fugiu ao entendimento da menina e a puxou para o pátio da casa, levando-a até um tanque e esfregando-lhe as mãos. A mulher gritou algo para dentro da casa e uma moça veio em seguida, com um copo cheio de um líquido que parecia água barrenta.
- [Prove!] - disse Dora, numa tentativa de falar o dialeto da garota.
Zalika deu uma pequena bicada no copo e depois o tomou de uma vez só, sentindo o gosto adocicado e, para ela, indescritível.
- [Leite com chocolate] - Taú explicou de novo. - [Mais tarde você pode tomar mais.]

Dora a levou primeiro para o pátio, onde seu cabelo foi lavado e cortado. Depois Zalika foi para o banheiro e não acreditou que estava debaixo de um jorro de água limpa. Várias vezes ergueu a boca e fartou-se.
Em seguida a governanta lhe deu roupas limpas e mostrou seu quarto, que era dividido com outras cinco meninas, todas resgatadas das vilas das redondezas; todas vítimas de alguma violência daquele cenário de guerra.

Depois de se arrumar, Zalika olhou sua própria imagem no espelho. Cabelos aparados e penteados. Pele limpinha e rosto sem aquele acúmulo de poeira grudando no canto dos olhos. Havia um belo sorriso naquele rostinho de menina quando outra garota a puxou pela mão e a arrastou pelos corredores da grande casa, até alcançarem uma sala onde havia uma mesa, com várias meninas sentadas. Na ponta estava Jacó, Taú e Dora.
- [Feche os olhos que o Pastor Jacó vai orar.] - disse a nova amiga.

Zalika fechou os olhos e ouviu as palavras sem sentido do missionário. Todas as meninas começaram a se servir. Havia pão, manteiga e um caldo maravilhoso (era apenas macarrão e legumes, mas para Zalika, como eu disse, era maravilhoso). A recém chegada se fartou. Nunca na vida tinha comido algo tão gostoso.
Nunca na vida tinha comido em tanta quantidade e, por isso, a fome tinha sido uma parceira indesejável, porém constante. Lembrou-se dos banquetes que o missionário falava quando ia na vila.
- [Você sabe onde está?] - perguntou-lhe a menina à sua frente.
- [Eu sei] - Zalika respondeu com um sorriso franco, revelando um pão dentro da boca. - [Eu estou no Céu!] - e algumas lágrimas caíram de seus olhos.

XXXXXXX

Nota do Autor: É tão fácil falar do amor de Jesus. É tão fácil falar do céu. Difícil é levarmos o amor de Jesus; difícil é levarmos o céu até as pessoas.
Difícil, mas não impossível. Não precisamos visitar países da África para isto. Não precisamos ser missionários ou termos ministérios como vários Guerreiros de Jesus tem nesses países distantes. Ao nosso redor, perto de cada um de nós, certamente há alguém esperando eu e você levarmos um pedacinho do Céu para elas. Talvez, esperando que você compartilhe um pedacinho do seu céu com elas. Eu o desafio, querido leitor, a fazer mais do que falar. Eu o desafio a levar Jesus e o céu que Ele prometeu, para as pessoas que você pode alcançar. Deus o abençoe em sua jornada.

Fonte: Outra Leitura, artigo 157

domingo, 3 de junho de 2012

O Caminho da Humildade


Guia os humildes na justiça e ensina aos mansos o Seu caminho. Sal. 25:9.

Você já encontrou uma pessoa orgulhosa e justa? O orgulhoso acha que sabe tudo. Não aceita conselhos. Sua vida está tão cheia dele mesmo que não existe lugar para Deus. Como Deus pode guiar uma pessoa orgulhosa? E como essa pessoa pode ser feliz se a felicidade consiste em andar nos caminhos de Deus?

O apóstolo Pedro disse, em certa ocasião: “Deus resiste aos soberbos, contudo, aos humildes concede a Sua graça. Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que Ele, em tempo oportuno, vos exalte.” I Ped. 5:5 e 6.

Como Deus exalta uma pessoa humilde? Mostrando-lhe o caminho, falando ao seu coração, conduzindo-a pelas veredas da nobreza, ensinando-lhe a reconhecer seus erros e a pedir perdão, a ser compassiva, a estender a mão para dar uma segunda oportunidade a quem errou. O resultado de tudo isso é que as pessoas passam a admirá-la, a amá-la e a segui-la. E assim Deus cumpre Sua promessa de exaltá-la.

A pessoa orgulhosa, dizia Benjamim Franklin, almoça vaidade, e janta desprezo. O orgulho a conduz, mais cedo ou mais tarde, ao terreno da vergonha e do fracasso. Vida profissional acabada, amizades rompidas. Tudo isso é o resultado de não ter se deixado guiar por Deus.

Mariano Aguilo costumava dizer: “Se o homem orgulhoso soubesse como é ridícula a imagem que projeta, até por orgulho aprenderia a ser humilde.” Mas o orgulhoso é incapaz da autocrítica.

A humildade é necessária para sermos justos, e você e eu precisamos ser justos, como esposos, como pais, como empregados ou empregadores, ou simplesmente como seres humanos. Não é possível fazer ninguém feliz, sem humildade.

Segundo o salmo de hoje, só é possível sermos justos se nos deixarmos ser conduzidos por Deus. Afinal de contas, quando Jesus esteve neste mundo disse: “Aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração.” Mat. 11:29.

Existem feridas que você abriu? Corações tristes que você magoou? Aprenda de Jesus todos os dias e lembre-se de que Ele “guia os humildes na justiça e ensina aos mansos o Seu caminho”.

Alejandro Bullón (www.ministeriobullon.com)
---------------------------------------------------------------------
Tenha uma bela semana ao lado do Senhor
.

domingo, 20 de maio de 2012

Atraindo Pecadores


Olá meus amigos,
Hoje veremos sobre como Deus nos chama do pecado, para vivermos em Sua luz.

A bíblia se refere ao pecado como escravizador. Seus seguidores, seus escravos (Rm. 6:6). Jesus, O único que pode nos libertar deste tirano opressor. A Palavra de Deus nos revela o pecado e a luz, o Espírito Santo nos convence do pecado (João 16:8). Mesmo com a luz, e convencidos do pecado, muitas vezes cedemos e pecamos, sabendo que estamos em pecado aberto. Os pecados conscientes e repetitivos, contra os quais alguns lutam, e outros aceitam, são os chamados "pecados acariciados". Estes pecados causam terrível separação entre o homem e Deus:

“Se atendemos ainda à iniqüidade em nosso coração, se nos apegarmos a algum pecado consciente, o Senhor não nos ouvirá; mas a oração da alma penitente e contrita será sempre aceita. Depois de termos reparado todas as faltas de que temos consciência, poderemos crer que Deus atenderá às nossas petições. Nossos próprios méritos jamais nos recomendarão ao favor de Deus; é o mérito de Cristo que nos salvará, Seu sangue é que nos purificará; nós, porém, temos uma obra a fazer para cumprir as condições da aceitação.” Caminho a Cristo págs. 95 e 96

Esta obra é a perseverante luta pela comunhão com Cristo, para vitória sobre as tentações de Satanás. Mas e se estivermos presos nos pecados acariciados, então Deus não nos ama mais? A Obra e atuação de Deus são maiores do que nossa mente humana pode compreender. O Poder atrativo de Cristo é exercido em favor dos pecadores, para os alcançar e conduzir à salvação.

Diz Davi, ao reconhecer o pecado em sua vida:
"Por amor do teu nome, Senhor, perdoa a minha iniqüidade, pois é grande." (Sl 25:11)
"Olha para mim, e tem misericórdia de mim, porque estou desamparado e aflito. Alivia as tribulações do meu coração; tira-me das minhas angústias.
Olha para a minha aflição e para a minha dor, e perdoa todos os meus pecados."
(Sl 25:16-18)

Diz Deus sobre o pecador:
"Tenho eu algum prazer na morte do ímpio? diz o Senhor Deus. Não desejo antes que se converta dos seus caminhos, e viva?" (Ez. 18:23)

Deus vê que o caminho do pecado é a morte, e com Seu poder e amor, age para que Seus filhos acordem, vejam seu estado, e se decidam a mudar, pela graça de Cristo.
"A mesma mente divina que opera na natureza fala ao coração das pessoas e cria nelas um irresistível desejo de obter algo que não possuem. As coisas do mundo não as satisfazem mais. O Espírito de Deus insiste com elas para que busquem aquilo que de fato pode trazer paz e descanso - a graça de Cristo e a alegria da santidade. Você que tem no coração o desejo de obter algo melhor do que aquilo que o mundo pode dar, reconheça nessa necessidade a voz de Deus falando à sua mente." Caminho a Cristo págs.19 e 20

Mesmo que esteja afundado em pecados, busque a Deus agora mesmo, abra seu coração à influência divina, e permita que Cristo te transforme.

Que Deus o abençoe e guarde,
.

domingo, 6 de maio de 2012

Conversas Frívolas


Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento. Prov. 14:7.
Muitos conselhos de Salomão podem parecer preconceituosos. Dão a impressão de que os sábios devem olhar para os insensatos como se tivessem alguma doença contagiosa e passar longe deles. O verso de hoje poderia ser visto desse modo. “Foge da presença do insensato”, afirma Salomão.
O homem ou a mulher que segue os conselhos divinos não pode tornar-se uma ilha, um ermitão ou formar um grupo exclusivista. Jesus disse:“Vós sois o sal da terra.” Mat. 5:13. O sal tem que se misturar com os alimentos que o rodeiam para dar sabor. Não pode cumprir a sua missão guardado na prateleira. Portanto, encontramos aqui uma aparente contradição bíblica. Jesus afirma uma coisa, enquanto Salomão afirma outra. É assim? Não. Jesus está falando da missão. Salomão, do preparo para o cumprimento da missão.
Em outra ocasião, Jesus pediu ao Seu Pai, referindo-se a nós: “Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal.” João 17:15. Essa declaração de Jesus explica a aparente contradição. Precisamos viver entre as pessoas, precisamos amá-las e ser companheiros delas em todos os momentos e circunstâncias do cotidiano, mas isso não envolve participar das atividades onde são ditas ou são feitas coisas que não edificam.
O conselho do sábio hoje, numa linguagem simples, é:“Fique longe de pessoas que começam a falar tolices porque, em reuniões dessa natureza, você não tem nada a aprender.”
O tempo é um dom valioso. Um dia, teremos que prestar conta da maneira como o usamos. Se você contabilizasse as horas que são desperdiçadas em conversas que não edificam, e que podem até destruir seus valores, você veria que lata vazia faz muito barulho, mas infelizmente não contribui para nada. Fuja de conversas desse tipo. Uma pessoa sábia usa o tempo para construir, não para destruir.
Faça de hoje um dia de atenção aos outros. As pessoas não estão interessadas em saber quem você é ou quanto você sabe, a não ser que você se importe com elas. Você só conseguirá isso, se tiver o amor de Cristo no coração. Tenha um dia feliz. E não se esqueça: “Foge da presença do homem insensato, porque nele não divisarás lábios de conhecimento.”
--------------------------------
Deus os abençoe,
.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Enfrentando dúvidas e combatendo tentações


Amigos, hoje compartilho com todos interessantes textos extraídos do Grande Conflito, sobre as dúvidas e tentações enfrentadas por nós.

Vivemos em um tempo único na história da humanidade, pois os sinais na natureza, sociedade e economia evidenciam que Jesus está às portas. É um tempo em que somos chamados a aprofundar a comunhão com Deus, a nos reformar. "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação." Mateus 26:41. Mas o inimigo das almas está empenhado em nos afastar de Deus a todo custo, a desviar nosso foco do alto para as coisas deste mundo. Temos alertas inspirados por Deus para este tempo.

"Todos os que se recusam a reformar a vida e preparar-se para a vinda do Filho do homem, não serão abençoados". O Grande Conflito pág. 341.
"Não se fazendo um esforço especial para resistir ao seu poder, prevalecendo a indiferença na igreja e no mundo, Satanás não se preocupa; pois que não se acha em perigo de perder os que está levando em cativeiro, à sua vontade. Satanás bem sabe que todos quantos ele puder levar a negligenciar a oração e o exame das Escrituras, serão vencidos por seus ataques. Portanto, inventa todo artifício possível para ocupar a mente." GC págs. 518 e 519.

Vencendo as dúvidas
"Ao mesmo tempo em que Deus deu prova ampla para a fé, nunca removeu toda desculpa para a descrença. Todos os que buscam ganchos em que pendurar suas dúvidas, encontrá-los-ão. E todos os que se recusam a aceitar a Palavra de Deus e lhe obedecer antes que toda objeção tenha sido removida, e não mais haja lugar para a dúvida, jamais virão à luz.
Podemos compreender Seu trato [de Deus] para conosco e os motivos que O movem até ao ponto em que nos é possível discernir o amor e a misericórdia ilimitados em união com o poder infinito. Nosso Pai celestial tudo determina em sabedoria e justiça, e não devemos estar descontentes e destituídos de confiança, antes curvar-nos em submissão reverente. De seus propósitos Ele nos revelará tanto quanto é para o nosso bem saber, e, além disto, devemos confiar na Mão que é onipotente, no Coração que está repleto de amor.

A desconfiança em Deus é produto natural do coração não renovado, que está em inimizade com Ele. A fé, porém, é inspirada pelo Espírito Santo, e unicamente florescerá à medida que for acalentada. Ninguém se pode tornar forte na fé sem esforço decidido.
Apenas um caminho há a seguir, para quantos desejem sinceramente livrar-se das dúvidas. Em vez de questionar e cavilar com relação àquilo que não compreendem, atendam à luz que já resplandece sobre eles, e receberão maior luz. Cumpram todo dever que já se lhes fez claro à compreensão, e estarão aptos a compreender e cumprir aqueles sobre os quais estão agora em dúvida."
GC págs. 527 e 528

Vencendo as tentações
"O Senhor permite que Seu povo seja submetido à atroz prova da tentação, não porque tenha prazer em sua aflição e angústia, mas porque tal operação é indispensável à sua vitória final. Ele não poderia, de maneira coerente com Sua própria glória, escudá-los da tentação; pois o objetivo da prova é prepará-los para resistirem a todas as seduções do mal.

Se este [o povo de Deus], com coração submisso e contrito, confessar e abandonar seus pecados, e com fé reclamar as promessas divinas... Toda tentação, toda influência adversa, quer manifesta quer secreta, pode com êxito ser vencida, "não por força, nem por violência, mas pelo Meu Espírito, diz o Senhor dos exércitos". Zac. 4:6. Enquanto permanecessem em obediência à Sua lei, nenhum poder na Terra ou no inferno poderia prevalecer contra eles... a mais débil alma que permaneça em Cristo é mais que suficiente para competir com as hostes das trevas."
GC págs 528 a 530

É tempo de confiarmos nossa vida a Deus, buscar mais fé, e a força de Cristo para a vitória sobre as tentações do mal. Há forças do Alto nos auxiliando nesta luta, se a Cristo buscarmos (Filip. 4:13).

Que Deus te abençoe.
.

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Todas as Coisas Cooperam


Olá meus amigos, esta mensagem é em complemento à mensagem enviada na semana passada.
Deus coopera em nossa vida. Há, no entanto, uma condição para que Ele nos dirija, para que guie todos os nossos caminhos. A condição é a entrega voluntária e incondicional a Ele, o que resulta no abandono dos pecados acariciados, que são os pecados conhecidos e que nos prendem (vícios da vida). Quando a tentação vêm, se cedemos aos pecados conhecidos, conscientemente, sem resistir e pedir auxílio a Cristo, então a atuação do Espírito Santo em nossa vida será muito limitada (é uma atitude de rebeldia contra as Leis de Deus). Mas se seguimos em frente, em nossa imperfeição, buscando seguir a Deus, a luz que temos, com todo o coração, a promessa abaixo se cumprirá em nossa vida:
"E sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Romanos 8:28

Para aceitarmos e vivermos os caminhos do Senhor em nossa vida, muitas vezes contrários ao que gostaríamos de escolher, é necessário o exercício da fé. Com Deus na direção da vida, devemos entender que há um propósito maior em tudo. Qual é o principal propósito de Deus em nossas vidas? Agora compartilho uma mensagem muito especial, que me fez refletir, e espero que os façam também.

-------------------------------------------------------------------------------------------------
"Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho..." Romanos 8:29

Nos conformar à imagem de Seu Filho, à imagem de Jesus. Este é o propósito de Deus em nossa vida. Este é nosso propósito na vida, restaurar o que o inimigo tirou de nós, a imagem e semelhança de Deus, nos méritos de Cristo. Este processo envolve a aceitação da vontade de Deus. Frequentemente oramos a Deus com nossa lista de pedidos pronta, mas quantas vezes oramos a Deus para "que seja feita a Sua vontade, acima da nossa"?

Na vida, enfrentamos situações adversas...."todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus".....

"Santificado seja o Teu nome, venha o Teu reino e seja feita a Tua vontade."
"Pai, se através da minha prosperidade econômica, Tu podes ser glorificado e podes avançar o Teu reino, então prospera-me economicamente.
Mas Pai, se através da minha pobreza, podes me fazer semelhante a Cristo, e isso glorifica o Teu nome e avança o Teu reino, então deixa-me ser pobre".

"Pai, se podes obter glória pra Ti mesmo e conformar-me à imagem de Cristo ao curar o meu corpo, então por favor, cure meu corpo.
Mas se através dessa enfermidade, podes obter mais glória para Ti mesmo e me conformar à imagem de Cristo, então deixe-me permanecer com a minha doença".

Daqui a mil anos, a nossa passageira dor não significará mais nada. Mas a conformidade à Cristo que é criada em nós, terá valor eterno.
Se o seu maior desejo é moldar-se a Cristo, então tudo que acontece em sua vida tem um propósito, e você pode aceitar a vontade de Deus.
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Confiar nos caminhos do Senhor....envolve entrega, renúncia do 'eu', adoração a Deus. Há sempre uma promessa, e uma condição: "todas as coisas cooperam para o bem dos que amam a Deus....Se me amardes, guardareis os meus mandamentos." (seguir o que Deus revelou na Bíblia) Rom. 8:28 / João 14:15. A Lei de Deus só pode ser guardada por amor, e o amor em nosso coração vem de Cristo, pela entrega de nossas vidas em Suas mãos.
Se de todo o coração O buscamos, e as adversidades aparecem, podemos e devemos nos apegar cada vez mais a Deus, e orar e confiar na direção divina. "Senhor Deus, meu desejo, meu sonho, é este... mas seja feita a Tua vontade em minha vida. E em nome de Jesus, me dê forças para aceitá-la."
Irmãos, não tenham dúvidas de que Deus sempre quer o melhor para Seus filhos, e Ele possui muitas bênçãos para nos dar. Mas muitas vezes as adversidades precedem as bênçãos. Fidelidade é fundamental, mesmo que só existam sombras à frente. Se fosse diferente, para que seria necessária a fé? Mas tenham certeza, Deus jamais abandona Seus filhos, e nos reserva o inimaginável, eterno peso de glória, aos que "amam a Deus, e são chamados segundo o seu propósito...para serem conformes à imagem de seu Filho".

Que Deus te abençoe e guarde.
.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Confiança no Senhor - O perfeito cuidado por nós

Olá a todos,

Hoje trago a nós uma mensagem sobre a confiança nos caminhos do Senhor.

Quantos de nós não ficamos muitas vezes desanimados e sem entender as situações que enfrentamos? "Por quê"? Por quê isso acontece comigo? Por que o Senhor não me ajuda como eu tenho pedido em oração? (por que ficamos sem emprego, aparentemente sem bençãos, sem crescimento, sem cura, sem alívio, sem ter recursos para realizar os sonhos....) As vezes somos aparentemente deixados por conta própria. Isso se aplica até mesmo aos grandes homens de Deus. Roger Morneau relata em seu livro, que mesmo após o tremendo livramento de Deus (vide livro 'Viagem ao sobrenatural'), ja sentiu como se tivesse sido abandonado à própria sorte. Temos dificuldade em entender.....entender que há um propósito magnífico e fantástico nos caminhos do Senhor...."Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8:28). Deus jamais abandona Seus filhos:

"Todas as perplexidades da vida serão então explicadas. Onde para nós apareciam apenas confusão e decepção, propósitos frustrados e planos subvertidos, ver-se-á um propósito grandioso, predominante, vitorioso, uma harmonia divina". Educação, pág. 305 (EGW).

"Ali Jesus nos levará para bem perto da viva corrente que flui do trono de Deus, e nos explicará as misteriosas providências pelas quais nos conduziu neste mundo a fim de aprimorar-nos o caráter". Testimonies for the church, vol 8, pág 254.

"Tudo quanto nos tem confundido acerca das providências de Deus será esclarecido no mundo vindouro. Naquilo em que a nossa mente só via confusão e promessas desfeitas, veremos a mais perfeita e bela harmonia. Saberemos que o amor infinito dispôs as experiências que nos pareciam as mais probantes. Ao reconhecermos o terno cuidado daquele que faz todas as coisas contribuírem para o nosso bem, regozijar-nos-emos com júbilo inexprimível e repleto de glória." Testemunhos Seletos vol. 3, pág. 433.

Para algumas circunstâncias que a vida nos apresentar, vamos entender aqui mesmo o porquês delas, para outras situações, Deus nos revelará face a face o porque.
E quando provados: "Amados, não estranheis a ardente provação que vem sobre vós para vos experimentar, como se coisa estranha vos acontecesse; mas regozijai-vos por serdes participantes das aflições de Cristo; para que também na revelação da sua glória vos regozijeis e exulteis." I Pedro 4:12 e 13.

Podemos muito bem não entender o porquê das coisas, mas devemos confiar. E em nome de Jesus, rejeitar a desconfiança e incredulidade para com Deus, que foram herdadas após a queda no Éden. E quando alcançamos o limite de nossa forças....“O limite dos homens é a oportunidade de Deus."

'Às vezes, quando tudo dá errado acontecem coisas tão maravilhosas que jamais teriam acontecido se tudo tivesse dado certo'.

"Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará." Samos 37:5
"O caminho de Deus é perfeito...Ele é escudo para todos os que nele se refugiam". II Samuel 22:31

Que Deus te abençoe grandemente nesta semana, e sempre.
.

quarta-feira, 21 de março de 2012

Passo a Passo Para a Vitória

Amigos, segue uma meditação recebida sobre princípios necessários para nossa vitória nesta vida.

-------------------------------------------------------------------------------------------------
Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado. I Cor. 9:26 e 27
Deus guia Seu povo passo a passo. A vida cristã é uma batalha e uma marcha. Nesta guerra não há trégua; o esforço deve ser contínuo e perseverante. É por incessante empenho que mantemos a vitória sobre as tentações de Satanás. A integridade cristã deve ser buscada com irresistível energia e mantida com resoluta fixidez de propósito.

Há uma ciência do cristianismo a ser dominada - uma ciência tão mais profunda, ampla e elevada que qualquer ciência humana, como os céus são mais altos do que a Terra. A mente deve ser disciplinada, educada, exercitada; pois nos cumpre prestar serviço a Deus por maneiras que não se acham em harmonia com a inclinação inata. As tendências hereditárias e cultivadas para o mal devem ser vencidas. Muitas vezes o preparo e a educação de toda uma existência têm de ser rejeitados, para que a pessoa possa tornar-se um aprendiz na escola de Cristo. Nosso coração deve ser educado de modo a tornar-se firme em Deus. Devemos formar hábitos de pensamento que nos habilitem a resistir às tentações. Temos de aprender a olhar para cima. Os princípios da Palavra de Deus - princípios tão elevados como o Céu, e que abrangem a eternidade - devem ser compreendidos por nós em sua relação para com a nossa vida diária. Cada ato, cada palavra, cada pensamento deve estar de acordo com esses princípios.

As preciosas graças do Espírito Santo não são desenvolvidas num instante. Ânimo, firmeza, mansidão, fé, inabalável confiança no poder de Deus para salvar, são adquiridos mediante a experiência de anos. Os filhos de Deus devem selar seu destino por uma vida de santo esforço e firme adesão ao que é reto.

Não temos tempo a perder. Não sabemos quão presto nosso tempo de graça se poderá encerrar. A eternidade estende-se diante de nós. A cortina está a ponto de se erguer. Cristo virá em breve. Os anjos de Deus estão procurando desviar nossa atenção de nós mesmos e das coisas terrenas. Não os façais trabalhar em vão. Testimonies, vol. 8, págs. 313 e 314.
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Que Deus te abençoe em sua decisão de se colocar firme a Seu lado.
.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Servir para Vencer


"O Filho do homem não veio para ser servido, mas para servir, e para dar a sua vida em resgate de muitos". Mateus 20:28

Amigos, segue uma meditação (recebida) sobre nossa missão de servir.

-------------------------------------------------------------------------------------

Também escolheu a Davi, Seu servo, e o tomou dos redis das ovelhas. Sal. 78:70.

Davi foi rei, profeta, poeta e guerreiro. No entanto, quando Asafe escreve este salmo histórico, usa o título de “servo de Deus” para referir-se a Davi. “Escolheu a Davi, Seu servo”, narra o salmista.

Qual era a atividade de Davi quando Deus o chamou para ser ungido rei de Israel? Cuidava das ovelhas. Não era apenas um jovem inexperiente, era também um servo. Nada mais. Não títulos. Não tamanho. Não aparência. Não currículo. Apenas servo. Tão insignificante que, quando o profeta pediu a Jessé que trouxesse os seus filhos, este fez desfilar a todos, menos a Davi, por considerá-lo fora de cogitação. Todos teriam alguma chance de ser o novo rei, menos Davi. Para que perder tempo com ele? E, no entanto, você conhece o fim da história. Davi chegou a ser um dos maiores e melhores reis de Israel.

Se você achar que Davi foi chamado porque era pastor de ovelhas, sem títulos, jovem e inexperiente, está errado. Nada do que foi mencionado é virtude. Deus não procura os menos qualificados. Deus procura servos. Pessoas cuja prioridade não é ocupar um cargo, mas servir. Pessoas que se esvaziam de si mesmas para que Jesus possa preencher cada rincão do coração. Vasos limpos de orgulho nos quais o Espírito de Deus possa agir.

O líder com poder, mas sem espírito de serviço, exige respeito. O líder servo administra com sabedoria o respeito que as pessoas lhe oferecem voluntariamente. O mundo seria melhor se o poder do amor e de serviço substituísse o amor ao poder que domina a vida de muita gente.

Dizem que conviver com ovelhas ensina a lição da humildade e da mansidão. Seria por isso que Deus permitiu que Moisés e Davi fossem pastores antes de assumir a liderança do povo?

Devo perguntar-me hoje: O quanto sou servo? Na minha família, no meu trabalho, na comunidade, quanto estou disposto a servir? Esse é um dos segredos da vida feliz. Só uma vida feliz é capaz de tornar felizes as pessoas que a rodeiam.

Antes de reclamar por qualquer circunstância difícil que você esteja vivendo, lembre-se de que Deus “também escolheu a Davi, Seu servo, e o tomou dos redis das ovelhas”.
(www.ministeriobullon.com)
-------------------------------------------------------------------------------------

Tenha um abençoado restante de semana.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Renunciand​o ao mundanismo​......hoje​!


Olá meus amigos,

O tema de hoje é "Renunciando ao mundanismo". Mas, como assim mundanismo? O que é mundanismo? Diz o dicionário: "Hábito ou sistema daqueles que só procuram gozos materiais." Pode-se dizer que é buscar a satisfação própria, que vai diretamente contra o princípio bíblico de colocar a Deus em primeiro lugar, e O amar acima de todas as coisas (Marcos 12:30).
Separados do mundanismo, seremos vistos pelo mundo, pois "Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte" (Mateus 5:14).
A 'luz do mundo' se distingue do mundanismo em:
- Conversação: sua conversa não gira em torno de falar mal dos outros e linguajar profano. Não permanece nas rodas de conversas e piadas mundanas.
- O que ouve: não ouve a música mundana, música esta que contém conceitos contrários aos princípios divinos em suas letras, e em seu ritmo.
- O que vê: não participa dos shows de carnificina, morte, sexo e depravação que a indústria do cinema e televisão promovem tão amplamente.
- Como gasta o tempo: Mesmo na correria do mundo, 'a luz do mundo' prioriza sua comunhão com Deus, e dispõe de tempo para passar com Ele, mesmo que isso envolva sacrifício (e o amor se demonstra em sacrifício, conforme Cristo demonstrou na cruz).

A nossa constante transformação à imagem de Jesus é Deus quem executa:
"Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus." Filipenses 1:6
"Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade." Filipenses 2:13
A nossa parte consiste em buscar ao Senhor continuamente, e vigiar.

"O temor do Senhor é o princípio da sabedoria. Os que vencem como Cristo venceu, precisam guardar-se continuamente contra as tentações de Satanás. O apetite e as paixões devem ser restringidos e postos em sujeição ao domínio de uma consciência esclarecida, para que o intelecto seja equilibrado, claras as faculdades de percepção, de maneira que as manobras do inimigo e seus ardis não sejam considerados como a providência de Deus. Muitos desejam a recompensa final e a vitória concedidas aos vencedores, mas não estão dispostos a suportar fadiga, privação e renúncia ao próprio eu, como fez o Redentor. É unicamente por meio da obediência e de contínuo esforço que havemos de vencer como Cristo venceu." - Conselhos sobre o Regime alimentar, pág 59

O inimigo quer que adiemos esta entrega até o último momento, quando a terrível percepção de que 'é tarde de mais' será a realidade de muitos. No tempo do fim, deveremos ter uma experiência com Deus, e não começar a construí-la, pois esta experiência nos proverá a fé para avançar (ao olharmos para traz e lembrarmos dos vários momentos em que Deus esteve conosco nos dando auxílio e livramento).

Uma boa semana a todos, com a presença de Deus.
.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Uma Conexão Real


Amigos, hoje continuamos o estudo sobre a busca pela entrega e dependência de Deus.

----------------------------------------------------
"Eu tinha um desejo sincero de servir a Deus, mas era frustrante cair frequentemente diante dos mesmos obstáculos."
"O que eu não entendia era que doutrina, por mais correta que seja, junto com a força de vontade humana para implementar mudanças no estilo de vida, não é cristianismo. Não, a bíblia fala dessa experiência como sendo uma 'forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder' (II Timóteo 3:5).
Brincar de igreja é uma ofensa para Deus e para o homem, e era exatamente isso o que eu estava fazendo. Estava brincando de igreja. Eu tinha uma imitação de religião, uma religião de púlpito, como às vezes se diz. O exterior estava ótimo, mas a prova de fogo do caráter ocorre na privacidade. É na maneira como trato meus filhos, minha esposa ou meu cachorro. São os pensamentos que acalento e as emoções a que dou guarida que determinam se minhas práticas religiosas estão me fazendo algum bem em termos de salvação."
(Textos acima baseados no capítulo 1 do livro "Vida Plena de Poder")
----------------------------------------------------

As formas de religião, sem o principal Elemento, não trazem proveito algum. O que faz a diferença, quem pode prover o Poder e a verdadeira Salvação?
"Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em Mim, e Eu, nele, essa dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer" - João 15:5. O ramo é um com a videira (Cristo). Ele precisa estar conectado se quiser produzir frutos, ou mesmo sobreviver.

Ensinando a Palavra
Estudo das doutrinas é muito importante. Entender a revelação de Deus em Sua Palavra é importante, pois nos alerta contra os enganos satânicos que vêm para tentar nos destruir. Mas ao darmos estudos bíblicos, um aspecto é o mais fundamental de todos, o ensino sobre a dependência em Deus, a busca genuína pela religação com Deus. Exortação para a uma sincera busca por Deus. Não apenas passar para frente os pontos doutrinários fundamentais, mas exemplificar o que é uma vida guiada por Jesus, uma vida que promove o avanço do reino de Deus, no lugar de interesses próprios (a nova critura II Cor. 5:17). Isso, meus amigos, só podemos tentar passar pra frente se estivermos de coração buscando / vivendo esta experiência.

Comunhão - conexão com a Fonte
Um problema que está em todo lado e todo lugar é a falta de tempo das pessoas. Tudo é corrido e agitado. E nessa corrida somos tentados a cair nas formas de religião, sem a real conexão com Cristo, a Fonte de vida. A estratégia do inimigo para nossos dias é que adiemos a busca genuína por Deus para o futuro, quando as coisas acalmarem (quando o curso universitário for concluído, quando um emprego melhor vier, quando um projeto for concluído, quando uma mudança de moradia ocorrer, enfim, em algum ponto no futuro quando algo ocorrer). A estratégia é sempre essa, pois quanto mais ela funciona, mais virão as distrações em nosso caminho. O que podemos fazer então? Uma escolha, a firme decisão de priorizar Deus hoje. De em meio à correria, mesmo assim, buscar a Sua presença Hoje, a cada dia entregando o hoje nas mãos de Deus. As formas de religião, sem poder, podem mesmo ser uma rápida oração, seguida de uma leitura mecânica da bíblia, alguma meditação matinal e a lição da escola sabatina, sem Deus no processo. O estudo é bom, se feito com sinceridade e humildade, com desejo sincero de aprender a vontade de Deus e ser transformado. A hora quieta, momento de falar com Deus de coração aberto, meditar em Sua Palavra, no que Ele diz, e de examinar a si mesmo, é necessária à vida do cristão, todos os dias.

Deus se comunica com cada um de nós individualmente, como se fôssemos Seus únicos filhos. Se você deseja uma experiência profunda com Deus, busque-O em oração, com coração aberto para ouvir Sua voz, e entregue seu caso a Ele. Nós podemos parar um pouco na correria do dia, a começar nas manhãs, para convidar Deus a nos guiar nesta jornada. O resultado será melhor do que podemos pensar.

Que Deus te abençoe nesta semana, e te guie e conforte com Sua paz e cuidado.
.